Artigos de apoio

ácido nítrico

O ácido nítrico é um ácido forte que se encontra na Natureza na forma de sais (nitratos) e apresenta a fórmula HNO3.
O ácido nítrico é um forte oxidante que ataca quase todos os metais.
Pela sua capacidade de separar o ouro da prata mediante dissolução desta, foi outrora conhecido por água-forte. A água-régia é uma mistura de ácido nítrico e ácido clorídrico na proporção de uma parte de ácido nítrico para três partes de ácido clorídrico e apresenta esta designação porque dissolve o ouro, o "rei dos metais".
Antigamente, obtinha-se ácido nítrico juntando ácido sulfúrico a nitrato de sódio (NaNO3). Atualmente utilizam-se outros processos, com destaque para dois métodos:
O primeiro consiste numa oxidação catalítica do amoníaco, na qual se oxida o amoníaco com o oxigénio do ar ou com oxigénio puro a 600 ºC, em contacto com platina, ou com platina-ródio, ou em contacto com óxido de bismuto ou de ferro, para dar óxido nítrico. Este reage com água e oxigénio e origina um ácido com cerca de 40-60%.
O segundo método resulta da combinação do oxigénio e do azoto do ar no arco elétrico, no qual se formam óxidos de azoto.
O ácido nítrico de uso corrente apresenta uma densidade de 1,41 para uma concentração de 69%. A partir deste, por destilação no vácuo sobre ácido sulfúrico concentrado, pode obter-se ácido nítrico praticamente puro, que devido ao óxido nítrico dissolvido cora geralmente de amarelo ou vermelho e, em contacto com o ar, liberta N2O5, que forma vapores com a humidade atmosférica (ácido nítrico fumegante).
O ácido nítrico é uma das substâncias mais importantes da indústria química. De entre as várias aplicações técnicas, salienta-se a nitrificação de compostos orgânicos (fabrico de explosivos, adubos artificiais, celulose e vernizes).

1

2

3

4

5