Artigos de apoio

amílase pancreática

A amílase pancreática é a enzima amilolítica presente no suco pancreático, produzido no pâncreas e libertado na porção inicial do intestino delgado.
A amílase pancreática atua sobre o amido (polissacarídeo de cadeia longa) que não foi desdobrado na boca em moléculas mais simples, transformando-o em maltose (dissacarídeo), já que a atividade da amílase salivar termina ao chegar ao meio ácido do interior do estômago.
A maltose e os restantes glicídos serão degradados por enzimas específicas (dissacaridases e oligossacaridases) presentes no suco entérico, libertado pelas células de Brunner e de Liberkühn, no intestino delgado
A secreção da amílase pancreática apenas ocorre depois das refeições, verificando-se um aumento da mesma devido a estímulos parassimpáticos da atividade do pâncreas, a qual é também incrementada pela distensão do duodeno e pela ação das hormonas secretina e colecistocinina.


1

2

3

4

5