Artigos de apoio

assimilação (sociologia)

Originariamente, o termo assimilação referia-se a um processo unidimensional e de sentido único pelo qual indivíduos ou grupos migrantes minoritários seriam absorvidos pela sociedade de acolhimento. As investigações mais recentes encaram a assimilação como recíproca, acarretando ajustamentos tanto da cultura da sociedade dominante como das comunidades migrantes.
O grau e a facilidade de assimilação depende das características do grupo minoritário: os casamentos interculturais, o exercício da cidadania, a aceitação social, serão mais ou menos correntes conforme as culturas em presença. A assimilação não implica fusão racial nem biológica, embora esta possa também ocorrer. R. Park, analisando a sociedade norte-americana, conceptualizou as interações entre os imigrantes e a sociedade de acolhimento descrevendo quatro etapas: contactos, competição, adaptação e assimilação. A assimilação completa é rara, tal como se conclui da existência de grande variedade de culturas regionais na Europa apesar dos muitos séculos de conquistas e de tentativas de assimilação forçada. O termo assimilação é muitas vezes usado indistintamente com o termo aculturação.

1

2

3

4

5