Artigos de apoio

Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO)

Associação fundada a 31 de agosto de 1982 com o objetivo de dar a conhecer, através de publicações, as obras e os autores de literatura moçambicana. Assim sendo, surgiram coleções como Karinga (para obras em prosa), Timbila (para obras de poesia) e Início (para obras de jovens escritores). A revista Charrua, já extinta, foi uma das vias de divulgação de jovens escritores, da qual fazia parte Ungulani Ba Ka Khosa.
Para além das publicações, a associação também organiza conferências, jornadas e debates que visam a divulgação da literatura moçambicana no país. Para tal, foi instituído o Círculo de Leitores da Associação dos Escritores Moçambicanos (CLAEMO).
Entre outros prémios atribuídos pela AEMO, como o Prémio Vida Literária, foram instituídos dois prémios, em 2001, em colaboração com o Instituto de Camões: o Prémio Revelação AEMO de Ficção e o Prémio Revelação AEMO de Poesia, com o intuito de promover a criação literária em Moçambique.
O escritor José Craveirinha foi o primeiro presidente da associação.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-23 04:24:10]. Disponível na Internet: