Artigos de apoio

ave (mitologia)

A palavra ave em grego é sinónimo de mensagem e de presságio, resumindo assim a relação de intermediário entre a terra e o céu. Muitas vezes são as próprias almas que assumem a forma de aves, ao voarem para o céu ou para o paraíso, como acontece na Índia e na China. Em alguns rituais antigos, são os próprios feiticeiros que tomam a forma das aves no seu transe de comunicação com o sobrenatural. Nas grutas de Altamira, em Espanha, foram encontradas representações de homens-pássaros, que tanto podiam significar almas, como deuses ou mesmo xamanes em transe.
O Alcorão refere que a linguagem das aves, conhecida pelo rei Salomão, é a mesma dos anjos e simboliza o conhecimento espiritual, tendo ainda a palavra ave o mesmo significado de destino. No Alcorão, as aves são também sinónimo de imortalidade da alma. Na tradição cristã, o Espírito Santo é representado por uma pomba e os anjos têm asas e a faculdade de voar, possuindo perfis de águia, segundo Ezequiel.
Na cultura hindu, existe a divindade Kimnara, metade homem e metade pássaro, e que é representado tocando uma cítara. Nos textos védicos, as aves eram consideradas como o símbolo da amizade entre os homens e os deuses, já que no panteão hindu os deuses têm a capacidade de voar. Na tradição celta, as aves são mensageiras ao serviço dos deuses e muitas delas tinham o poder de despertar os mortos e de matar os vivos com a sua música mágica.
Os árabes acreditavam na adivinhação do futuro através do voo das aves. A adivinhação com recurso às aves era desenvolvida a partir do tipo de voo das aves e da direção que estas tomavam no céu, bem como no tipo de gritos e cantos que estas proferiam.
No Curdistão, para certas tribos Deus é representado por uma ave em cima de uma árvore nos tempos do Dilúvio. Entre os africanos, as aves simbolizam a vida, o poder e a fecundidade, sendo representadas muitas vezes nas máscaras rituais. No Egito, as almas eram representadas por homens ou mulheres com cabeça de ave e assim eram também representados os deuses que vinham à terra. O mito da Fénix entre os antigos egípcios é uma das mais antigas demonstrações da crença da alma que se transforma em ave renascida, símbolo da imortalidade.


1

2

3

4

5