Artigos de apoio

Barragem de Odeleite

A barragem de Odeleite, construída entre maio de 1992 e setembro de 1998, situa-se perto de Tavira, no concelho de Castro Marim, separada de Espanha apenas pelo rio Guadiana.O aproveitamento hidráulico do conjunto das barragens Odeleite-Beliche tem como objetivos o fornecimento de água para abastecimento público a todo o Sotavento Algarvio e o fornecimento de água para a agricultura.
Odeleite é uma barragem de enrocamento, com uma cortina de impermeabilização em betão localizada no paramento de montante. A sua altura é de 65 metros, possui um volume total de armazenamento de água de 130 000 x 103 m3 e uma capacidade útil de 117 000 x 103 m3, e apresenta uma superfície inundável ao NPA (Nível Pleno de Armazenamento) de 720 hectares. As cotas de água na albufeira são: NPA de 52,00 metros, NMC (Nível Máximo de Cheia) de 52,90 metros e NmE (Nível Mínimo de Exploração) de 22,00 metros.
Nesta barragem podem ser encontrados dois sistemas de medição de deslocamentos diferentes - um para a medição dos deslocamentos horizontais, localizado na estrutura da barragem, e outro para a determinação de deslocamentos e medições das tensões instaladas no interior do maciço rochoso de assentamento da estrutura da barragem.
A barragem de Odeleite inclui os órgãos hidráulicos, constituídos pela galeria de desvio, pelos descarregadores de cheias e pelas descargas de fundo. Para a execução destes trabalhos houve necessidade de proceder à exploração de uma pedreira.
As escavações subterrâneas retiraram 16 400 m3 de terra, enquanto as escavações a céu aberto retiraram 49 200 m3. A barragem ocupa 375 462 m3 e a portela ocupa 67 016 m3.
É de salientar que a barragem de Odeleite e a barragem do Beliche estão ligadas através de um túnel que une as albufeiras de Odeleite e de Beliche, apresentando um comprimento total de 2950 metros.

1

2

3

4

5