Artigos de apoio

Cabo Verde

Geografia
País de África. Formado por um arquipélago situado no oceano Atlântico, a cerca de 620 quilómetros da costa oeste do Senegal, Cabo Verde possui uma área de 4033 km2. A maior das ilhas é Santiago (991 km2), seguindo-se-lhe Santo Antão (779 km2), Boavista (620 km2), Fogo (476 km2), São Nicolau (388 km2), maio (269 km2), São Vicente (227 km2), Sal (216 km2), Brava (67 km2) e Santa Luzia (45 km2). A capital é a cidade da Praia, na ilha de Santiago, com 125 000 habitantes (2009), sendo outras cidades importantes o Mindelo (70 400 hab.) (2010) e São Filipe (9550 hab.) (2005).

Clima
O clima de Cabo Verde é tropical seco, com forte tendência para a aridez. Fevereiro é o mês mais fresco, com uma temperatura média de 22ºC, na cidade da Praia, enquanto o mais quente é setembro, com uma temperatura média de quase 27ºC. A variabilidade da precipitação é uma das grandes características do clima de Cabo Verde.

Economia
Apesar da escassez de água, a agricultura constitui a base da economia de Cabo Verde. Entre as culturas atuais destacam-se as que se destinam à alimentação base da população, tais como o milho, o feijão e a mandioca. Para além destas, a cana-de-açúcar, os legumes, a banana, a tâmara, a batata-doce e a batata revelam também a sua predominância. A pesca tem enorme potencial, mas exige maior investimento para a obtenção de melhores resultados. Na indústria, destacam-se a produção de sal e as conservas de peixe seco. O turismo tem vindo a aumentar consideravelmente e pode constituir uma das principais fontes de receitas do país. Os principais parceiros comerciais de Cabo Verde são Portugal, Angola, a Holanda e a Alemanha.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas,1999), é de 0,3.

População
A população é de 516 100 habitantes (est. 2011), o que corresponde a uma densidade populacional de 103,69 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, em 2006, respetivamente, de 24,87%o e 6,55%o. A esperança média de vida é de 70,73 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,727 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,719 (2001). As etnias dividem-se entre os crioulos (mestiços), com 71%, os negros (28%) e os brancos (1%). A nível religioso, o Catolicismo tem uma expressão de 96% e o Protestantismo de 4%. A língua oficial é o português, mas a maioria da população fala crioulo.

História
Ex-colónia de Portugal, Cabo Verde foi descoberto em 1460 por Diogo Gomes e por António de Nola quando voltavam da Guiné. Dois anos mais tarde, em 1462, fixaram-se os primeiros colonos portugueses em Santiago. Nesta ilha fundaram a cidade de Ribeira Grande, que se tornou muito importante para o comércio de escravos. A importância da cidade cresceu de tal maneira que, em 1541, foi atacada por piratas e, em 1585, pelos Ingleses. Depois de um forte ataque francês, no ano de 1712, a cidade foi abandonada.
Depois de 1876, a prosperidade das ilhas foi atenuada pelo declínio do tráfico de escravos e pela corrupção e pela má administração, que causaram a falta de água e a fome. O fim do século XIX trouxe alguma melhoria, com integração das ilhas nas grandes rotas comerciais entre a Europa, a América do Sul e a África do Sul. Mas o fim da Primeira Guerra Mundial trouxe, novamente, o fim da prosperidade.
Em 1951, a colónia portuguesa passou a ser uma província ultramarina e, dez anos mais tarde, todos os naturais das ilhas obtiveram a cidadania portuguesa. Nesta mesma altura nasceu um forte movimento a favor da independência, conduzido pelo Partido Africano para a Independência da Guiné-Bissau e de Cabo Verde (PAIGC).
As ilhas de Cabo Verde tornaram-se uma república independente em 1975 e Aristides Pereira o seu primeiro presidente. Mais tarde, em 1981, assumiu-se a instituição de um partido político autónomo, o Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV). A Constituição, aprovada nesse mesmo ano pela Assembleia Nacional, formalizou a rutura com a Guiné-Bissau.
Atualmente, Cabo Verde é uma república de regime multipartidário com uma assembleia legislativa.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-18 14:24:11]. Disponível na Internet: