Artigos de apoio

centro quiral

Um centro quiral consiste num átomo que se encontra ligado a quatro átomos ou grupos atómicos diferentes. Na grande maioria dos casos este átomo é o átomo de carbono, pelo que, por vezes, o centro quiral também é designado por carbono assimétrico, ou carbono quiral, quando se torna necessário distingui-lo do azoto quiral ou do fósforo quiral.
As substâncias com centros quirais são oticamente ativas, isto é, são enantiómeros. Estas moléculas não são sobreponíveis às respetivas imagens.
A quiralidade é a condição necessária e suficiente para a existência de enantiómeros. Isto é, um composto cujas moléculas são quirais pode existir como um, ou outro, enantiómero. Um composto cujas moléculas são aquirais não possui enantiómeros.
O ácido lático e o gliceraldeído são exemplos de compostos quirais.


1

2

3

4

5