Artigos de apoio

circulação completa

Circulação sanguínea dupla, característica de aves e mamíferos, em que não ocorre mistura do sangue arterial com o sangue venoso. A presença de um coração com quatro cavidades, duas aurículas e dois ventrículos impede que o sangue venoso se misture com o sangue arterial.
A metade direita do coração é atravessada apenas pelo sangue venoso, proveniente dos diferentes órgãos. Na metade esquerda do coração circula apenas sangue arterial, proveniente dos pulmões.
A separação do sangue arterial do sangue venoso traduz-se numa elevada eficiência de oxigenação, aumentando a capacidade energética dos organismos com circulação sanguínea dupla completa.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-18 13:26:40]. Disponível na Internet: