Artigos de apoio

classificação das nuvens

As nuvens são dos mais visíveis e observáveis aspetos da atmosfera indicadores do tempo.
As nuvens são uma forma de condensação muitas vezes descrita como "agregados visíveis de minúsculas gotas de água ou finos cristais de gelo".
Além de serem objetos espetaculares do céu, as nuvens despertam o contínuo interesse dos meteorologistas, porque fornecem uma visível indicação do que se passa na atmosfera.
Quem as observar com o objetivo de as distinguir encontrará grande variedade desde as familiares de cor branca até às grandes massas cinzentas atravessando o céu.
Já foram propostas várias classificações para as nuvens, sendo atualmente as nuvens classificadas com base na sua forma e altura. Há três formas básicas que são reconhecidas: cirros, cúmulos e estratos.
Os cirros são nuvens altas, brancas e finas. Podem ocorrer como bocados de pequenas células ou como delicados véus ou fibras distendidas que muitas vezes têm o aspeto de penas.
Os cúmulos mostram-se como massas globulares individuais de nuvens. Geralmente têm uma base mais ou menos plana e têm a aparência de domos ou torres. Estas nuvens são descritas muitas vezes como tendo a forma de uma couve-flor.
Os estratos são nuvens geralmente descritas como lâminas ou camadas que cobrem uma área muito grande ou todo o céu. Não é comum identificar-se unidades individuais destas nuvens.
Todas as nuvens refletem uma destas três formas básicas ou são combinações ou modificações delas.
Três níveis de altitude para as nuvens são conhecidos: alto, médio e baixo.
As nuvens altas normalmente têm a base a cerca de 6000 m de altitude, as nuvens médias ocupam altitudes entre os 2000 e 6000 metros e as nuvens baixas estão situadas abaixo dos 2000 m de altitude.
As nuvens altas são normalmente formadas por cirros, cirro-estratos e cirro-cúmulos; as nuvens de altitude média têm a forma de alto-estratos e alto-cúmulos e as nuvens baixas podem ser estratos, estratocúmulos e nimbo-estratos.
Algumas nuvens não se incluem nas três categorias descritas. Tais nuvens têm a sua base na baixa altitude e depois estendem-se para cima para as regiões de média e alta altitude. As nuvens desta categoria são designadas nuvens de desenvolvimento vertical. Estão normalmente associadas a condições de instabilidade do ar.

1

2

3

4

5