Artigos de apoio

cracking

O cracking, também denominado por cracagem, consiste na transformação de óleos pesados em óleos leves por meio de processos químicos para elevar o rendimento em gasolina durante a transformação do petróleo. Os componentes do petróleo com um ponto de ebulição elevado são expostos a uma temperatura de 450-600 ºC, quer na forma líquida sob elevada pressão, quer na forma de vapor sem pressão. As moléculas dissociam-se e formam hidrocarbonetos de baixo ponto de ebulição, principalmente gasolina, mas também gases (olefinas) e coque. Se se utilizarem catalisadores, diminui-se a indesejável formação de gás e coque. Através de uma hidratação simultânea, consegue-se que se formem apenas compostos saturados, caso contrário, formam-se apenas 50%.
O processo de reforming (reformação) é semelhante ao cracking: por meio de um tratamento de gasolina destilada diretamente do petróleo, a pressão e temperatura elevadas, os hidrocarbonetos normais transformam-se em hidrocarbonetos ramificados (isomerização), que possuem um maior índice de octano.

1

2

3

4

5