Artigos de apoio

dinamómetro

Um dinamómetro é um instrumento usado para a medição de forças mecânicas.
Existem diversos tipos de dinamómetros, dos quais se destacam pela sua importância e aplicação: dinamómetro de Bekk, dinamómetro de mola e o dinamómetro hidráulico.
O dinamómetro de Bekk consiste num aparelho utilizado para a determinação da resistência dinâmica do papel, isto é, a resistência que o papel opõe à rotura por efeito de pancadas ou golpes.
No dinamómetro de mola (também designado por balança de mola), uma forma simples de dinamómetro, uma força é medida pelo alongamento produzido numa mola elástica helicoidal. Esta mola encontra-se unida a um cursor que indica, sobre uma escala graduada, o alongamento provocado pela força, o qual é diretamente proporcional à força desde que a mola não se encontre demasiadamente esticada.
Este dispositivo é por vezes usado para medir o peso de um corpo.
No Sistema Internacional de Unidades (S.I.), este tipo dinamómetro encontra-se graduado em newtons (N).
Um dinamómetro parado, graduado em newtons, indica o valor de 9,8 N para peso de um corpo cuja massa é de 1 kg. De facto, pela lei da Atração Universal, verifica-se que um corpo com massa 1 kg pesa na Terra 9,8 N.
Num dinamómetro hidráulico, a força é transmitida a um êmbolo que desliza dentro de um cilindro cheio de óleo, comunicando-lhe uma pressão proporcional à força aplicada, sendo a leitura realizada num manómetro.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-21 14:24:21]. Disponível na Internet: