Artigos de apoio

esporângio

Concetáculo vegetal onde se formam os esporos. Encontra-se nos briófitos, pteridófitos, nas gimnospérmicas e angiospérmicas. Nos pteridófitos, os esporângios formam-se a partir de uma célula epidérmica ou de um grupo de células, encontrando-se situados nas frondes férteis. O esporângio, quando formado, contém esporos no seu interior. São deiscentes por meio de um anel, cujas características e posição depende do género da planta. Nas plantas isospóricas, os esporângios só contêm um tipo de esporo; nas plantas heterospóricas contêm os macrosporângios e microsporângios, os quais formam, respetivamente, os macrósporos e os micrósporos.
Nos fungos, os esporos formam-se de maneira endógena a partir do conteúdo protoplásmico e podem ser móveis (zoósporos) ou imóveis (aplanosporos). São libertados pelo esporângio, que então se designa zoosporângio, em meio líquido. Os fungos que produzem zoósporos são reunidos na subdivisão Mastigomycotina e os produtores de aplanósporos na subdivisão Zigomycotina.

1

2

3

4

5