Artigos de apoio

excedente do produtor

É genericamente aceite pela teoria económica que a efetivação voluntária de uma transação entre dois intervenientes (vendedor e comprador) propicia benefícios para ambas as partes, sendo que se assim não fosse não haveria sequer incentivo para que se realizasse. A avaliação dos referidos benefícios é frequentemente feita através da utilização dos conceitos de excedente do consumidor (que mede o benefício obtido pelo consumidor numa determinada transação) e de excedente do produtor.
Genericamente, o excedente do produtor corresponde ao montante (em unidades monetárias) de que este beneficia por produzir as quantidades que lhe proporcionam a maximização do seu lucro. Na prática, este excedente resulta do facto de, para quantidades oferecidas inferiores à que se acaba por verificar no mercado (pelo equilíbrio entre oferta e procura), uma empresa estar disposta a oferecer o seu produto a preços inferiores ao que acaba por conseguir obter. De facto, o preço a que uma empresa está disposta a oferecer a primeira unidade do produto que comercializa é por regra inferior ao preço a que oferece a segunda e assim sucessivamente. Logo, quando ela consegue praticar um preço para a primeira unidade superior ao que à partida estava disposta a aceitar, obtém um benefício correspondente à diferença entre os dois valores. O mesmo acontece para todas as unidades anteriores à última oferecida para o preço que acaba por prevalecer no mercado, sendo o benefício de cada uma delas decrescente.
Representando a curva da oferta em termos gráficos (ela assume uma forma crescente da esquerda para a direita num gráfico em que no eixo vertical é colocada a variável preço e no horizontal a variável quantidade), o excedente do produtor vai assim corresponder ao triângulo que tem como lados a própria curva da oferta, o eixo vertical e a linha horizontal correspondente ao preço de equilíbrio do mercado.
De destacar ainda que o valor do benefício obtido pelo produtor numa transação ultrapassa normalmente o valor dos lucros obtidos pelo facto de os custos de carácter fixo serem suportados independentemente da quantidade produzida. Assim, para além do lucro, o excedente do produtor vai abranger o valor dos custos fixos da empresa.


1

2

3

4

5