Artigos de apoio

fenómeno social

Os fenómenos sociais são o objeto das Ciências Sociais. Estas estudam os fenómenos ligados à vida dos homens em sociedade.
Designamos por fenómeno um determinado tipo de factos com características comuns e semelhantes. O conceito de "fenómeno social total" implica que aquilo que o caracteriza é uma multiplicidade de aspetos que com ele se relacionam. "Marcel Mauss, ao falar de fenómeno social total, referia-se ao facto [...] de que as experiências dos atores sociais não são redutíveis a uma única dimensão do real, as suas implicações distribuem-se pelos diferentes níveis do real [...]" (1987, Marques - In MESQUITELA LIMA. Introdução à Sociologia. Lisboa: Presença). Este conceito define o real social como pluridimensional, mas único. Deste modo, numa abordagem sociológica, devemos ter em conta a pluridimensionalidade dos fenómenos sociais que se caracterizam como totais. Quando, por exemplo, nos referimos às causas várias do suicídio, estamos a falar do fenómeno do suicídio em geral e não num facto isolado.
Segundo Sedas Nunes, "o campo da realidade sobre o qual as Ciências Sociais se debruçam é, de facto, um só (o da realidade humana e social) e todos os fenómenos desse campo são fenómenos sociais totais, quer dizer: fenómenos que [...] têm implicações simultaneamente em vários níveis e em diferentes dimensões do real social, sendo portanto suscetíveis, pelo menos potencialmente, de interessar a várias, quando não a todas as Ciências Sociais" (1987, Nunes - Questões preliminares sobre as Ciências Sociais. Lisboa: Presença).

1

2

3

4

5