Artigos de apoio

FIFA

A Fédération Internationale de Football Association (Federação Internacional de Futebol), vulgarmente conhecida pela sua sigla, FIFA, foi fundada a 21 de maio de 1904, em Paris, pelas federações da França, Bélgica, Suíça, Suécia, Espanha, Holanda e Dinamarca.
A ideia da criação de uma federação internacional surgiu com a realização dos primeiros jogos de futebol internacionais, no início do século XX. A 1 de maio de 1904, a Bélgica e a França defrontaram-se na primeira partida oficial a nível internacional. A Inglaterra tinha já a sua associação de futebol (Football Association) desde 1863, que regulava as provas deste desporto em terras inglesas, e não aceitou participar na fundação de uma federação internacional. Mas, a 21 de maio de 1904, nasceu mesmo a FIFA, cujo primeiro presidente foi o francês Robert Guérin.
A 14 de abril de 1905 começou a desenhar-se o sucesso da FIFA, com a adesão dos ingleses, após aprovação do comité executivo da Football Association. Em 1906 pensava-se já em organizar uma grande competição internacional. Assim, dois anos mais tarde, em 1908, decorreu o primeiro torneio olímpico, integrado no programa das olimpíadas de Londres, e que foi vencido pela Inglaterra.
O primeiro Campeonato do Mundo organizado pela FIFA foi realizado no Uruguai, em 1930, com 13 equipas participantes. A atuação da FIFA rapidamente se tornou um êxito, contribuindo decisivamente para elevar o futebol ao estatuto de desporto mais popular do mundo.
Atualmente, a FIFA continua a ser a entidade máxima que supervisiona o futebol mundial e as suas competições, englobando as várias confederações regionais: a AFC, da Ásia, a CAF, de África, a CONCACAF, da América do Norte e América Central e das Caraíbas, CONMEBOL, da América do Sul, a OFC, da Oceânia, e a UEFA, da Europa.
O suíço Joseph Blatter, eleito em 1998, tornou-se o oitavo presidente da história da FIFA. Antes dele, ocuparam o cargo o brasileiro João Havelange (1974-1998), os ingleses Stanley Rous (1961-1974) e Arthur Drewry (1955-1961), o belga Rodolphe William Seeldrayers (1954-1955), o francês Jules Rimet (1921-1954), o inglês Daniel Woolfall (1906-1918) e o francês Robert Guérin, o primeiro a desempenhar a função, entre 1904 e 1906.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-21 21:31:08]. Disponível na Internet: