Artigos de apoio

Gary Sinise

Ator norte-americano, Gary Sinise nasceu em Blue Island, Illinois, a 17 de março de 1955. A sua estreia profissional no teatro deu-se aos 17 anos, em The Physicist. Em 1974, foi membro fundador da famosa Companhia de Teatro Steppenwolf, em Chicago, juntamente com John Malkovich, entre outros. Casou em 1981 com a também atriz Moira Harris.
Antes de enveredar pela carreira de ator, Sinise experimentou também a realização, primeiro na televisão, em dois episódios da série Crime Story (1986) e, em 1988, no cinema, com Miles from Home, atividade que repetiu em 1992 em Of Mice and Men (Ratos e Homens), onde também atuou. A sua estreia, como ator no cinema, dá-se nesse mesmo ano em A Midnight Clear. Em 1994, entrou em Forrest Gump, de Robert Zemeckis, ao lado de Tom Hanks, sendo nomeado para o Óscar de Melhor Ator Secundário pela sua interpretação de Dan Taylor, o veterano do Vietname que se torna amigo de Forrest Gump. No ano seguinte, entrou em Apollo 13, de Ron Howard, onde voltou a contracenar com Tom Hanks, e participou ainda na televisão em Truman, ganhando o Globo de Ouro pela sua interpretação do presidente dos Estados Unidos Harry S. Truman.
Seguiu-se Ramsom (Resgate, 1996), onde voltou a trabalhar às ordens de Ron Howard. Neste mesmo ano, Sinise recebe a nomeação para o Tony de Melhor Encenador pela peça Buried Child, de Sam Shepard, e, no ano seguinte, ganhou um Emmy pelo seu papel de George Wallace na mini-série biográfica homónima de John Frankenheimer.
Destacam-se ainda as suas participações em filmes importantes como Snake Eyes (Os Olhos da Serpente, 1998); The Green Mile (À Espera de Um Milagre, 1999); Mission to Mars (Missão a Marte, 2000); Impostor (2002); The Human Stain (Culpa Humana, 2003); e The Forgotten (Misteriosa Obsessão, 2004).
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-21 09:56:19]. Disponível na Internet: