Artigos de apoio

Henrique de Paiva Couceiro

Militar português, de seu nome completo Henrique Mitchell de Paiva Couceiro, nasceu na cidade de Lisboa em 1861 e aí morreu em 1944.
Foi oficial do Exército, participando em campanhas em África. Ficou célebre, nomeadamente, na luta contra as forças de Gungunhana. Pelos seus feitos militares, foi alvo de diversas condecorações e homenagens. Foi proclamado Benemérito da Pátria em 1896.
Anos mais tarde, em 1907, foi nomeado por D. Carlos Governador Geral de Angola. Em 1910, aquando da instauração da República, contava-se entre os defensores da causa monárquica.
Em 1919, após o assassinato de Sidónio Pais, Paiva Couceiro vê a sua grande oportunidade de lutar pela restauração do regime em que acreditava. Assim, proclama a monarquia no Porto, tornando-se presidente da respetiva Junta Governativa. Porém, a situação não consegue perdurar e o regime republicano é novamente instaurado.
A partir dessa altura, Paiva Couceiro retira-se da vida política, partindo exilado para as Canárias. Alguns anos mais tarde, Oliveira Salazar permite o seu regresso a Portugal onde acaba por viver os últimos anos da sua vida.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-22 17:42:09]. Disponível na Internet: