Artigos de apoio

Hernán Cortés

Conquistador da América espanhola que nasceu em 1485, em Medelín, em Castela, em Espanha, e morreu em 1547, em Castilleja de la Cuesta, perto de Sevilha. Destruiu o Império Asteca e conquistou o México para a Coroa espanhola. Também é considerado um dos maiores historiadores da Espanha ultramarina do siglo de oro. As suas Cartas de Relación representam uma importante fonte para a História da conquista do México.
Em 1504 partiu para a América do Sul, participando na guerra contra os nativos, na Ilha Hispaníola (onde se encontram hoje o Haiti e a República Dominicana) e, sete anos depois, conquistou Cuba. Em 1519, alcançou a costa do México, onde fundou a Cidade do México. Quando voltou a Espanha, em 1528, foi recebido pelo rei Carlos V, sendo homenageado com o cargo de capitão-general (mas não o de governador, como desejava). Em 1530 regressou à Nova Espanha e encontrou o território numa verdadeira anarquia, acabando por ser alvo de várias acusações, o que o levou a retirar-se para as suas terras de Cuernavaca. Dez anos depois, regressou definitivamente a Espanha, sem honras nem homenagens, acabando por viver quase miseravelmente até morrer.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-21 17:15:39]. Disponível na Internet: