Artigos de apoio

hiponímia

Relação semântica em que uma palavra está num plano hierárquico inferior, uma vez que pertence a uma classe ou espécie que a inclui ao nível do significado. Este facto implica que o significado do hipónimo (etimologicamente significa nome pequeno) é mais específico e mais restrito do que o significado do hiperónimo a que pertence. O conceito de hiponímia também só é entendido em relação ao conceito de hiperonímia.
Dizemos que há uma relação de hiponímia se o sentido de P estiver incluído no sentido de Q, sendo que Q deve possuir uma propriedade mais genérica e que inclua ao mesmo tempo o sentido de P e dos seus co-hipónimos. Por exemplo, peixe é hiperónimo em relação a sardinha, salmão, carapau, pescada, bacalhau, etc, que por sua vez são hipónimos de peixe e co-hipónimos entre si. Os verbos afirmar, exclamar, sussurrar, murmurar, ripostar, entre ouros, são hipónimos do verbo dizer. Os nomes amarelo, branco, laranja, castanho, verde, azul, cinzento, vermelho, são hipónimos do hiperónimo cor. No mesmo nível hierárquico, os hipónimos de um mesmo hiperónimo, por possuirem semas semelhantes, podem estabelecer entre si outras relações semânticas, como a sinonímia, a antonímia ou a heteronímia.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-21 23:54:29]. Disponível na Internet: