Artigos de apoio

interlocução

Quando há interlocução, significa que é possível verificar a compreensão da mensagem e reformular o enunciado as vezes que forem necessárias; em situações de comunicação oral sem intercâmbio, é fundamental atender à construção do enunciado e ao modo como se transmite. Convém "caracterizar" o destinatário (público restrito ou geral; recetor de conveniência ou voluntário, características sociais, profissionais, de sexo ou idade,...), conhecer a natureza da mensagem, utilizar um nível de língua adequado, dominar as funções de linguagem que seduzem o recetor, aperceber-se das condições da comunicação.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-20 18:38:29]. Disponível na Internet: