Artigos de apoio

John Broadus Watson

Psicólogo norte-americano nascido em 1878, em Greenville (Carolina do Sul). Completou os seus estudos académicos na Universidade de Chicago com o doutoramento sobre a maturação neurológica e psicológica dos ratos albinos, num estudo realizado sob a orientação do neurologista H. H. Donaldson e de J. Rowland Angell.
Watson tornou-se depois investigador em Psicologia Experimental na Universidade de Chicago e, mais tarde (entre 1908 e 1920), professor e investigador em Psicologia Experimental e Comparada na Universidade John Hopkins, em Baltimore.
Homem e cientista determinado e polémico, Watson cedo se opôs ao paradigma dominante na psicologia da sua época, caracterizado por uma grande preponderância da filosofia e da dimensão consciente. Como resposta a esta situação, Watson fundou o behaviourismo, num artigo de 1913, "Psychology as a Behaviorist Views It", publicado na Psychological Review. Neste artigo, Watson lançou as bases do que viria a tornar o paradigma principal da psicologia americana nas décadas seguintes, postulando o estudo experimental e objetivo dos comportamentos dos seres humanos na relação com os estímulos a que estes são sujeitos. Para Watson, a Psicologia não devia ter em conta nenhum tipo de preocupações introspetivas, filosóficas ou motivacionais, mas apenas e simplesmente os comportamentos objetivos, concretos e observáveis.
Grande defensor da importância da observação dos comportamentos animais nas suas pesquisas científicas, Watson trabalhou igualmente sobre os comportamentos infantis, área quase virgem na época, efetuando um conjunto de experiências cujos resultados publicaria em 1918, na obra Psychological Care of Infant and Child (1918). Neste estudo, Watson efetuou experiências condicionadas, que considerava serem fundamentais para a evolução do conhecimento no campo da Psicologia experimental e comparada.
A vida académica de Watson terminaria de forma abrupta, em 1920, após o seu divórcio e segundo casamento serem rodeados de grande polémica e escândalo público. John Broadus Watson dedicar-se-ia, então, a uma carreira empresarial em publicidade, vindo a falecer em 1958, na cidade de Nova Iorque.
Obras importantes de Watson:
1914, Behavior: An Introduction to Comparative Psychology
1919, Psychology from the Standpoint of a Behaviorist
1925, Behaviorism

1

2

3

4

5