Artigos de apoio

Mogadouro

Aspetos Geográficos
O concelho de Mogadouro, do distrito de Bragança, localiza-se na Região Norte (NUTII) no Alto Trás-os Montes (NUTIII). Juntamente com Vimioso e Miranda do Douro, faz parte do planalto Mirandês. O concelho é limitado pelos concelhos de Vimioso e Mirando do Douro a norte, Freixo de Espada à Cinta e Torre de Moncorvo a sul, Alfândega da Fé, Macedo de Cavaleiros a oeste e a este e sudeste por Espanha. Morfologicamente o concelho situa-se no planalto Mirandês e apresenta no centro uma elevação, a Serra de Mogadouro, e nas suas áreas limítrofes a norte, a oeste e este os vales profundos dos rios Angueira, Sabor e Douro, respetivamente.
Com uma área de cerca de 758 km2, administra 28 freguesias: Azinhoso, Bemposta, Bruco, Brunhosinho, Brunhoso, Castanheira, Castelo Branco, Castro Vicente, Meirinhos, Mogadouro, Paradela, Penas Róias, Peredo da Bemposta, Remondes, Saldanha, Sanhoane, São Martinho do Peso, Soutelo, Tó, Travanca, Urros, Vale da Madre, Vale de Porco, Valverde, Ventozelo, Vila de Ala, Vilar de Rei e Vilarinho Dos Galegos.
Em 2005, o concelho apresentava 10 891 habitantes.
O natural ou habitante de Mogadouro denomina-se mogadourense.

História e Monumentos
O Salgueiral (proto-história), a Ponte de Zava (Idade Média), o castelo (séc. XII), a Igreja do Convento de São Francisco (séc. XVII) e as Capelas das Pereiras e dos Mouros são monumentos classificados que se podem visitar na vila de Mogadouro. Pode ainda encontrar-se nas restantes freguesias: a Igreja de São Martinho do Peso; o Castelo de Oleiros (pré-história) e as ruínas da Capela de São Fagundo (Idade Média), em Urros; o castelo (séc. XII) em Penas Róias; a Igreja de Algosinho (séc. XIII), em Peredo da Bemposta; o Castro Vicente (Idade do Ferro) e a Capela do Senhor da Fraga (séc. XVI), em Castro Vicente; os Passos (séc. XVIII) e a Igreja de Santa Maria (séc. XIII), em Azinhoso; o Palácio dos Pimentéis (séc. XVIII), em Castelo Branco; as diversas pontes medievais e vários pelourinhos dos séculos XVI e XVII.

Tradições, Lendas e Curiosidades
As freguesias de Mogadouro celebram a Romaria de Nossa Senhora da Ascensão, no último domingo de maio, em Castanheira; a Festa de Nossa Senhora do Caminho, no últimos domingo de agosto, em Mogadouro; a festa de Santo Amaro, no terceiro domingo de junho, em Sanhoane, e a Festa do Farândulo e Cécia, no primeiro domingo de janeiro em Tó.
A freguesia de Bemposta tem a tradição de festejar "O Dia do Chocalheiro" a 26 de dezembro e a 1 de janeiro, a partir da meia-noite. Neste ritual, as personagens intervenientes são meros mendicantes ao serviço da igreja, percorrendo a localidade a recolher esmolas, na companhia dos respetivos mordomos. O cargo do chocalheiro é leiloado todos os anos pelo mordomo da festa. Na tradição local, a atuação do "chocalheiro" denuncia uma personalidade que aterroriza e que se coloca fora da lei e das convenções, mas é aceite porque contém um sentido de proteção da comunidade, sendo através dele que se normalizam certas forças estranhas que nesse período se creem desencadeadas.
No concelho realizam-se feiras mensais aos dias 2 e 16 na vila de Mogadouro, ao dia 26 em Sanhoane, a 11 em Tó, a 7 em Urros, e feiras anuais a 8 de setembro em Azinhoso e a 15 setembro em Urros.
O concelho tem como feriado municipal o dia 15 de outubro, dia do começo da Feira dos Gorazes que acaba no dia 16 do mesmo mês.
O artesanato típico da região consiste em artefactos de linho, lã, seda, couros, cutelaria e colchas de renda.

Economia
O concelho tem na agropecuária a sua principal riqueza. Produz cereais e explora a amendoeira, a oliveira, a vinha, o sobreiro e o castanheiro. Cria gado bovino para a produção de carne e gado caprino e ovino para a produção de lã, leite e carne. No concelho pode praticar-se a caça ao coelho, à lebre e à perdiz. A indústria tem apenas expressão na construção civil e no fabrico de cerâmica. Em Bemposta encontra-se uma barragem hidroelétrica sobre o rio Douro. A atividade comercial tem um certo significado na população ativa do concelho. O município está inserido na Região de Turismo do Nordeste Transmontano.

1

2

3

4

5