Artigos de apoio

oligoquetas

Classe de animais do filo dos anelídeos com mais de 3000 espécies com uma grande variedade de tamanho e habitats. Estas espécies vivem em quase todas as zonas da Terra, incluindo as ilhas oceânicas e as regiões paleárticas.
Os oligoquetas vivem em galerias, que eles próprias escavam para se protegerem dos inimigos e das condições climatéricas desfavoráveis. Vivem ainda nas margens húmidas dos lagos e rios, tanto na água doce como na água salobra. Alguns vivem a certa profundidade nos lagos, outros na costa, debaixo das pedras ou algas oceânicas em putrefação. Os poucos que são marinhos vivem em águas pouco profundas. Também se encontram oligoquetas até à altura de 3800 metros (Caxemira) e nas planícies nevadas do Alasca.
O oligoqueta mais conhecido é a minhoca (Lumbricus terrestris), cujo comprimento pode variar entre os 12 e 30 centímetros e cujo diâmetro pode atingir um centímetro.
Os oligoquetas mais pequenos (género Aelosoma, Chaetogaster) têm menos de um milímetro de comprimento, mas as minhocas gigantes do Brasil, Rhinodrilus fafneri, e da Austrália, Megascoli australis, podem atingir um comprimento superior a dois metros e 2,5 centímetros de diâmetro.
O corpo dos oligoquetas apresenta uma segmentação aparente exterior e interiormente.
Os oligoquetas não possuem cabeça nem parápodos e geralmente possuem poucas sedas em cada segmento. A minhoca (Lumbricus terrestris) tem, exceto no primeiro e no último segmentos, quatro pares de sedas quitinosas que sobressaem ligeiramente nas superfícies ventral e lateral. As sedas, que se podem mover em todas as direções, servem de apoio quando o oligoqueta está dentro das galerias ou se desloca na superfície do solo.
Embora sejam quase todos hermafroditas, os oligoquetas possuem geralmente um sistema complexo de reprodução que elimina a possibilidade de autofecundação.
Alimentam-se das pequenas partículas orgânicas que se encontram no meio onde vivem.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-20 00:50:34]. Disponível na Internet: