Artigos de apoio

Paulo Portas

Jornalista e político português nascido a 12 de setembro de 1962. Influenciado pela figura de Sá Carneiro, inscreveu-se em 1974, com apenas doze anos, no PPD. Vocacionado para o jornalismo, assumiu a direção do jornal da JSD, que deixou após a morte de Sá Carneiro, para concluir o curso de Direito na Universidade Católica. Em 1985, empenhou-se na candidatura de Freitas do Amaral à presidência, acabando mais tarde por se dedicar totalmente à direção do semanário O Independente. Entregou-se depois à política ativa, como membro do Partido Popular, sendo eleito deputado por Aveiro nas legislativas de 1995. Divergências com a direção de Manuel Monteiro levaram-no, mais tarde, a abandonar a Assembleia da República e a direção do PP. Portas foi eleito presidente do partido em 1998.
Em 2002, a coligação do PP com o PSD, partido que venceu as eleições legislativas de março, proporcionou-lhe fazer parte do XV Governo Constitucional ocupando os cargos de ministro de Estado e da Defesa Nacional, cargos que manteve no XVI Governo Constitucional, chefiado por Santana Lopes, que iniciou funções a 17 de julho de 2004. Foi-lhe acrescentada a pasta dos Assuntos do Mar.
Após a dissolução do parlamento em novembro de 2004 e, consequentemente, as eleições antecipadas de fevereiro de 2005, em que o CDS desceu de 3.º para 4.º partido mais votado, Paulo Portas anunciou a sua retirada de presidente do partido.

1

2

3

4

5