Artigos de apoio

princípio de exclusão de Pauli

O princípio de exclusão de Pauli constitui um postulado da mecânica quântica, formulado em 1925 pelo físico suíço de origem austríaca Wolfgang Pauli. Pela formulação deste princípio, de grande importância, Pauli obteve em 1945 o Prémio Nobel da Física.Segundo este princípio cada estado quântico de um eletrão num sistema físico, isto é, cada estado permitido pela teoria quântica e caracterizado por números quânticos para a energia (o momento - propriedade de um núcleo - e o spin - parte do momento angular de uma partícula) pode ser ocupado, no máximo, por um eletrão.
Ou seja, por outras palavras, Pauli deduziu que a Natureza não permite que num mesmo sistema (átomo), existam dois eletrões com a mesma energia, em estados em que coincidam os quatro números quânticos (cada eletrão é caracterizado por quatro números quânticos: principal, secundário, magnético e de spin).
A partir deste princípio é possível deduzir-se a distribuição eletrónica (distribuição dos eletrões) em camadas no átomo e, consequentemente, o sistema periódico dos elementos.
O princípio de exclusão de Pauli também é válido para todas as partículas com spin semi-inteiro, como é o caso dos protões e neutrões.

1

2

3

4

5