Artigos de apoio

prófase (mitose)

A prófase é a etapa inicial do processo de divisão mitótica das células. Em termos gerais, a prófase caracteriza-se por alterações celulares que, genericamente, se podem resumir a três momentos: organização e compactação da cromatina nuclear, formando os cromossomas; desaparecimento do nucléolo; e deslocamento dos centrossomas para polos opostos das células, onde integrarão o fuso acromático.
Na prófase ocorre inicialmente um aumento do volume nuclear, em simultâneo com a agregação da cromatina em filamentos longos, formando os cromossomas, que são visíveis em microscopia ótica, tornando-se progressivamente mais compactos. Cada cromossoma é constituído por dois braços, as cromátides, unidas num ponto, o centrómero. O número, aspeto e composição dos cromossomas é constante, característica e única para cada espécie, sendo formados por uma associação de moléculas de DNA a proteínas, nomeadamente as histonas, entre outras.
A acompanhar a formação dos cromossomas, os dois grupos de centríolos, localizados na região perinuclear, deslocam-se para polos opostos da célula, onde irão integrar o fuso acromático, funcionando como centros organizadores dos microtúbulos. O núcleo, antes visível como uma área refringente e brilhante ao microscópio ótico, desaparece.

1

2

3

4

5