Artigos de apoio

quilópodes

Classe de animais do filo dos artrópodes, constituída por 3000 espécies também conhecidos por centípedes (cem pés). São predadores terrestres, de forma alongada, segmentados e achatados dorsoventralmente. O número de segmentos pode variar entre os 15 e os 181. Cada somito, exceto o primeiro, correspondente à cabeça, e os dois últimos do corpo, apresenta um par de patas. Na cabeça estão um par de antenas compridas, com doze ou mais porções articuladas, um par de mandíbulas e dois pares de maxilas. O seu comprimento varia entre os 5 milímetros e os 30 centímetros, como acontece com alguns quilópodes tropicais. O número de patas também é variável mas em regra têm entre 15 e 20 pares, sendo o primeiro par modificado em forcípulas como órgãos de defesa e ataque. Estes terminam por unhas venenosas. Encontram-se em todas as regiões temperadas e têm vida predominantemente noturna, altura em que procuram alimento, que é constituído principalmente por outros astrópodes tropicais.
As espécies grandes podem capturar pequenos vertebrados mas são geralmente inofensivas para os humanos.
Matam rapidamente as presas com a injeção do veneno contido nas suas unhas venenosas e logo as trituram com as mandíbulas.
Durante o dia preferem as zonas com alguma humidade e escondem-se debaixo de pedras ou de troncos de árvores.
Muitos quilópodes são ovíparos e outros são vivíparos. Os indivíduos jovens são semelhantes aos adultos.
São exemplo de quilópodes a centopeia, a escolopendra, o sinfio, etc.

1

2

3

4

5