Artigos de apoio

Taça dos Clubes Campeões Europeus

A Taça dos Clubes Campeões Europeus, agora designada por Liga dos Campeões (Champions League), surgiu em 1955-56, opondo os campeões dos diferentes países europeus. Na sua primeira edição, os clubes participantes acederam por convite, atendendo ao seu prestígio de então.
O primeiro representante de Portugal na competição foi o Sporting Clube de Portugal, clube que protagonizou o primeiro encontro da prova, realizado no Estádio Nacional (em Lisboa, a 4 de setembro de 1955), empatando com o Partizan de Belgrado (da então Jugoslávia) a 3-3.
Em 1961-62, o Sport Lisboa e Benfica sagrou-se bicampeão europeu, derrotando o histórico Real Madrid CF (Espanha) que tinha sido pentacampeão da prova, vencendo as suas cinco primeiras edições. Um ano antes, o mesmo Sport Lisboa e Benfica tinha vencido o FC Barcelona, de Espanha. Posteriormente, o Benfica atingiria outras cinco finais da prova, saindo, no entanto, derrotado em todas elas, acabando por ser o clube com mais derrotas nas finais desta prova.
Na época de 1986-87, o Futebol Clube do Porto sagrou-se Campeão Europeu, levando de vencida a poderosa equipa do Bayern de Munique (Alemanha) e tornando-se, assim, o segundo clube português a vencer a prova.
Mais tarde, em 1992-93, a competição mudou de nome e de figurino e passou a designar-se Liga dos Campeões, herdando o troféu e o prestígio da sua antecessora. A partir desse momento, cada país pode participar com mais do que uma equipa, dependendo das classificações obtidas, nos últimos anos, pelos clubes, nas tabelas de classificação dos seus campeonatos.
Atualmente, constitui o mais importante troféu futebolístico da Europa, em que participam os clubes campeões de cada país deste continente.
Em 2004 este troféu foi vencido pelo Futebol Clube do Porto, ao derrotar o Mónaco por 3-0 em Gelsenkirchen, na Alemanha.

1

2

3

4

5