Artigos de apoio

Tunes




Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade da Tunísia, Tunes situa-se no Norte do país, junto ao mar Mediterrâneo. Foi construída na margem ocidental de um lago pouco profundo, o Lago de Tunes, possuindo um porto artificial ligado por um canal de águas fundas à baía de Tunes. Possui cerca de 890 000 habitantes (2006), que ascendem a mais de um milhão quando considerada a sua área metropolitana.


História e Monumentos
Tunes fica perto do local onde se erguia a antiga Cartago e já existia no tempo do Império Cartaginês, sendo na altura uma pequena cidade. Provavelmente foi fundada pelos Fenícios no século VI a. C. Pouco importante até à conquista muçulmana, ocorrida no século VII, tornou-se no século IX a capital administrativa do país, substituindo Kairouan. A atual cidade foi construída no final do século XIX, quando estava sob domínio francês. A cidade velha contém um impressionante conjunto de edifícios islâmicos medievais, incluindo mesquitas, mausoléus, palácios e madraças (escolas islâmicas) que foram transformadas em casas de apartamentos.


Aspetos Turísticos e Curiosidades
Tunes é constituída por duas partes adjacentes e totalmente distintas – a velha cidade muçulmana (a Medina) e a cidade moderna. A principal entrada da velha Medina amuralhada era a Porta de Bab el-Bahar. Esta parte da cidade tem ruas estreitas e tortuosas, com numerosos mercados instalados em pátios abobadados e pavimentados com mosaicos. Há ruas especializadas em certos ofícios, vendendo-se exclusivamente têxteis, objetos de cobre e latão, joias de ouro e prata, artigos de couro, perfumes e especiarias. Em 1979, o bairro antigo de Medina foi classificado, pela UNESCO, como Património Cultural Mundial. Outros locais de interesse são a Grande Mesquita de Zitouna (do século IX); o Museu de Lapidaria de Sidi Bou Krissan (situado no jardim da Mesquita de el-Ksar, do século XI); o Palácio de Dar Hussein (do século XVIII), onde está instalado o Instituto Nacional de Arqueologia e Artes; e o Museu de Arte Islâmica. O turismo tem vindo a ocupar um papel de crescente relevo.


Economia
A cidade é o centro económico do país. Possui fábricas de produtos químicos, têxteis e alimentares. É servida pelo porto de La Goulette, recebendo mercadorias que são distribuídas por todo o país. As suas principais exportações são os tapetes, a fruta e as azeitonas. O turismo tem assumido um peso cada vez mais importante na sua economia.

1

2

3

4

5