Artigos de apoio

Sermão da Sexagésima

Proferido em Lisboa, na Capela Real, em 1655, o Sermão da Sexagésima do Pe. António Vieira é dirigido contra os pregadores gongorizantes, em especial contra o dominicano Frei Domingos de S. Tomás. Censurando o emprego de um estilo difuso e obscuro nos sermões, o autor preconiza uma estética de simplicidade ao serviço do autêntico espírito evangélico. Condena as extravagâncias cultistas e os processos conceptistas. Contudo, o próprio Sermão da Sexagésima emprega, do início ao fim, artifícios próprios da elaboração conceptista.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-18 13:26:45]. Disponível na Internet: