Artigos de apoio

viscosidade

A viscosidade é uma propriedade característica dos líquidos e gases reais e newtonianos que se caracteriza pela medida da resistência ao escoamento que um fluído oferece quando se encontra sujeito a um esforço tangencial.
Para um fluído newtoniano, a força F necessária para manter o gradiente de velocidade dv/dx, entre planos adjacentes de um fluído de área A, é dada pela seguinte expressão matemática: F = m x A x (dv/dx), onde m é uma constante denominada por coeficiente de viscosidade.
Esta constante tem como unidades do Sistema Internacional de Unidades (S.I.) o pascal segundo e no sistema de unidades c.g.s., é o poise (P).
Esta viscosidade é frequentemente denominada de viscosidade absoluta ou dinâmica para se evitar confusão com a viscosidade cinemática (n), que é dada pela razão entre a viscosidade absoluta e a densidade do fluído em questão. As unidades do Sistema Internacional de Unidades (S.I.) é o metro quadrado por segundo (m2/s). A unidade do sistema c.g.s. chama-se stoke (St) e equivale a 1 cm2/s.
Sendo a viscosidade uma consequência do atrito interno que se produz no seio de um fluído, um dos problemas práticos que se levanta é o de saber qual a viscosidade que deve possuir um lubrificante. Por um lado deve ser baixa para que deste modo as forças de atrito também o sejam mas, por outro lado, deve ser elevada para permitir que o lubrificante escoe com grande rapidez.
Cada peça de uma máquina deve assim ter um valor de viscosidade concreto, sendo este nalguns casos muito baixo, enquanto noutros, pelo contrário, é muito elevado. No mercado existe uma ampla gama de lubrificantes de diversas viscosidades.
Como referenciar: in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-12-21 06:10:00]. Disponível na Internet: