atrofia
nome feminino
redução dos tecidos, órgãos ou de todo o corpo devida à morte e reabsorção celular, redução da proliferação celular, diminuição do volume das células, isquemia, desnutrição, redução das funções ou alterações hormonais
atrofia adiposa
infiltração gorda secundária à atrofia dos elementos essenciais de um órgão ou tecido
atrofia alveolar
atrofia por diminuição dos tecidos de suporte dos dentes devida a falta de função, má irrigação sanguínea ou por causas desconhecidas
atrofia amarela aguda do fígado
lesão grave e mortal em que se verifica uma rápida e extensa necrose das células hepáticas acompanhada de icterícia e que pode ser devida a uma infeção viral, a toxicidade medicamentosa ou a envenamento
atrofia artrítica
atrofia por imobilidade muscular secundária a processo inflamatório ou a ancilose do joelho
atrofia azul
atrofia cicatricial de tonalidade azulada da pele devida a injeções com impurezas e que se encontra nos toxicodependentes
atrofia branca
atrofia de um nervo em que só resta tecido conjuntivo
atrofia cerebelosa
alterações degenerativas do cerebelo, em especial das células de Purkinje, devidas à ação de tóxicos, como sucede no alcoolismo
atrofia cianótica
atrofia por destruição das células parenquimatosas de um órgão como consequência de congestão venosa crónica
atrofia cinzenta
alterações degenerativas da papila ótica, que fica acinzenta
atrofia compensatória
atrofia que surge especialmente nas glândulas endócrinas quando as suas funções são substituídas por outras fontes hormonais
atrofia concêntrica
atrofia de um órgão oco em que a cavidade se reduz
atrofia cordis
atrofia cardíaca por senilidade ou por outra causa
atrofia correlativa
atrofia de uma parte como consequência da destruição ou extirpação de outra parte
atrofia cutis
atrofia da pele ou atrofoderma
atrofia de exaustão
atrofia que se verifica especialmente nas células glandulares, provavelmente devido a atividade funcional excessiva ou estimulação exagerada
atrofia degenerativa
atrofia de um tecido ou de uma região por alterações degenerativas das suas células
atrofia essencial da íris
atrofia progressiva da íris sem sinais inflamatórios acompanhada de glaucoma, geralmente unilateral
atrofia excêntrica
atrofia de um órgão oco por aumento de tamanho da sua cavidade
atrofia facial unilateral progressiva
inflamação caracterizada pela atrofia progressiva da pele, dos tecidos, ossos e músculos de um lado da cara
atrofia granular do rim
inflamação intersticial crónica do rim que produz compressão e atrofia do parênquima
atrofia horizontal
perda progressiva dos alvéolos e ossos de suporte que envolvem os dentes
atrofia inflamatória
atrofia funcional de um órgão por inflamação e consecutiva hipertrofia fibrosa
atrofia intersticial
reabsorção mineral dos ossos, ficando apenas a porção orgânica óssea
atrofia linear
atrofia da camada papilar da pele com formação de estrias de cor branca e azulada
atrofia maculosa cutis ou macular
atrofia devida à perda do tecido elástico da pele com formação de manchas cicatriciais rosadas
atrofia miopática
atrofia muscular de causa desconhecida ou idiopática
atrofia neurítica
devida a uma doença dos nervos
atrofia neuropática
atrofia dos músculos devida a uma doença dos nervos
atrofia olivopontocerebelosa
grupo de doenças genéticas autossómicas neurológicas progressivas caracterizadas pela perda de neurónios do córtex cerebral, basis pontis e núcleo olivar com ataxia, assinergia e marcha vacilante e que surge, especialmente, nos idosos
atrofia óssea
reabsorção aguda do osso num segmento do membro por traumatismo, congelação ou lesão nervosa com perturbações gerais e edema local
atrofia parda
forma de atrofia em que se conserva o pigmento normal, a que se junta outro pigmento como pode acontecer no coração, no fígado ou nos músculos
atrofia pigmentar
atrofia caracterizada pelo depósito de pigmento nas células atrofiadas
atrofia por compressão
atrofia devida a uma pressão constante em determinado local ou região
atrofia por falta de uso ou inatividade
atrofia devida à falta de exercício ou à falta de função
atrofia pós-menopáusica
atrofia que surge nos órgãos genitais após a menopausa
atrofia senil
perda de tecidos na idade avançada como consequência de redução nos processos anabólicos e catabólicos
atrofia serosa
alteração degenerativa das células gordas em que a gordura é substituída por líquido seroso
atrofia simples
atrofia devida à diminuição de tamanho das células individuais
atrofia tóxica
atrofia devida às toxinas num processo infecioso
atrofia trofoneurótica
alterações cutâneas, ósseas, capilares, ungueais e do tecido subcutâneo devidas a lesão de um nervo periférico
atrofia vilosa
alteração da mucosa intestinal com hiperplasia das criptas e estreitamento da mucosa e a presença de atrofia das vilosidades intestinais
De a- e do grego throphé «alimento» e -ia
Como referenciar:
atrofia in Termos Médicos [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2014. [consult. 2014-10-23 01:39:42]. Disponível na Internet: