A Glória do Meu Pai

Memórias de Marcel Pagnol (1957). Contam a sua infância em Aubagne, desde a aprendizagem solitária da leitura até às primeiras tentativas de criação literária com a idade de 10 anos. Esta autobiografia é prosseguida em Le Château de ma mère (O Castelo da Minha Mãe, 1958), Le Temps des secrets (O Tempo dos Segredos, 1960) e Le Temps des amours (O Tempo dos Amores, publicado postumamente, em 1977).
A história conheceu uma adaptação cinematográfica realizada por Yves Robert: La Gloire de mon père (1990) e Le Château de ma mère (1990).
Como referenciar: A Glória do Meu Pai in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-16 23:48:54]. Disponível na Internet: