A Ondina do Lago

Volume de poesias de Teófilo Braga, publicado em 1866, que se inscreve no ciclo poético inaugurado com os volumes Visão dos Tempos e Tempestades Sonoras, a que se viriam a juntar as Torrentes e as Miragens Seculares. Com a Ondina do Lago, Teófilo retorna à poesia da história, desta vez com um romance cavalheiresco que abre com uma invocação às "lânguidas virgens dos sonhos da infância" e aborda a lenda da donzela de França por quem um cavaleiro se apaixona, desconhecendo que é seu irmão.
Como referenciar: A Ondina do Lago in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-27 10:47:30]. Disponível na Internet: