A Pérola

Romance publicado pelo escritor John Steinbeck em 1947, numa altura difícil para o autor, já que tinha a braços a eminência do divórcio e um grave problema de consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Talvez por isso, é de notar n' A Pérola um certo pessimismo e uma descrença nos valores humanos, e a visão dos seus próprios filhos pequenos deve ter contribuído grandemente para a construção da personagem Coyotito.
A ação d' A Pérola decorre em La Paz, uma aldeia de pescadores situada na costa do México, e inicia-se com a descrição da vida quotidiana de Kino, da sua mulher Juana e do seu filhito, Coyotito, em toda a aparência idílica. Sendo Coyotito mordido por um escorpião, os pais levam-no ao médico, que se recusa a tratar a criança, já que Kino e Juana são extremamente pobres e não podem pagar-lhe. Depois, Kino mergulha no mar em busca de pérolas e, encontrando uma de dimensões consideráveis, vê mudar-se tudo na sua vida.
Escrita com uma simplicidade tensa e bela, A Pérola pode ser vista como uma constatação das motivações do ser humano, de como o convencionalismo social transforma as ambições das pessoas, e uma lembrança das verdadeiras prioridades da vida. A obra considera a ambição humana desenfreada como causadora de males como a cobiça, a mentira e o desrespeito pela vida.
Como referenciar: A Pérola in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 13:47:53]. Disponível na Internet: