Abderrahman I

Abderrahman (734-787), natural de Damasco foi o primeiro emir de Espanha, independente de Damasco. O jovem príncipe Abderrahman escapou do massacre que os Abássidas inflingiram à sua família Omíada. Depois de um período de errância pelo Norte de África, chegou a Espanha com um grupo de tropas sírias. Fundador do império árabe em Espanha, deu início ao emirado omeíada em 756 a partir de Córdova, após os recontros com as tropas do emir Yussuf-el-Feheri e de seu filho. Esteve constantemente em lutas contra Yussuf, refugiado em Granada, contra os parentes deste e contra outras tribos, numa guerra que durou oito anos.
Os árabes eram em número inferior mas dominavam o território no plano militar e administrativo, coadjuvados pelo crescente número de convertidos espanhóis. Foi sob o emirado de Abderrahman que se deu início ao reforço de um poder central, uma tarefa que foi continuada pelos seus sucessores. Concedeu carta de segurança e proteção aos cristãos mediante o pagamento de um tributo. Encetou a reforma do governo com a criação de uma espécie de Conselho de Estado e a reforma da instituição dos juízes que administravam a justiça em primeira instância.
Como referenciar: Porto Editora – Abderrahman I na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-21 07:27:02]. Disponível em