abelha

Designação de insetos da ordem dos himenópteros e da família dos Apídeos com mais de duas mil espécies. A família dos Apídeos inclui a abelha-comum (Apis mellifera), que vive em cortiços ou em colmeias de muitos milhares de indivíduos, com polimorfismo sexual, distribuído em castas. A abelha-comum, também é designada doméstica social. A maior parte das outras espécies são solitárias. Conhecem-se algumas espécies parasitas que colocam, aquando da reprodução, os seus ovos no ninho de outras abelhas. Todas as abelhas se alimentam de néctar e pólen possuindo um língua sugadora, com escovas e bolsas de recolha. O pólen das flores é a substância essencial para a alimentação das larvas. As abelhas desempenham um papel fundamental na fecundação das plantas com flores.
A abelha doméstica tem a sua origem na Ásia meridional. O cortiço ou a colmeia que pode conter cinquenta mil indivíduos, não alberga mais que uma rainha, que é fecundada durante o voo nupcial e pode viver vários anos. No decurso do voo nupcial a rainha é fecundada por um macho ou zangão, cujo sémen se acumula no recetáculo seminal que a rainha utiliza durante toda a sua vida. Após o voo nupcial o papel da rainha é pôr ovos. Põe um ovo em cada alvéolo formado no cortiço, que podem ser hexagonais, e estes ovos originam abelhas obreiras que não desenvolvem aparelho genital feminino e portanto são estéreis, os ovos postos nas cavidades maiores ou cavidades reais, são alimentados com geleia real que originam fêmeas fecundas ou rainhas. Antes da explosão das jovens rainhas, a rainha velha que originou o enxame, voa levando consigo um certo número de obreiras e forma uma nova comunidade. A primeira rainha nascida começa a matar as outras, não restando mais do que uma rainha por colmeia. Os ovos não fecundados são colocados nos grandes alvéolos hexagonais e originarão machos ou zangões. As abelhas obreiras, limpam e ventilam a colmeia ou cortiço, alimentam as larvas, gerem as reservas de mel e segregam a cera para confecionar os alvéolos. Das quatros espécies do género Ápis, a espécie Apis dorsata constrói enormes ninhos que podem atingir os dois metros de diâmetro. Só a abelha doméstica (Apis mellifera) é aproveitada pelos apicultores na produção de mel.
Como referenciar: abelha in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-22 05:03:34]. Disponível na Internet: