abelharuco

Ave da família dos Meropídeos, um elemento tropical isolado na fauna europeia, distribuída por dois géneros - Merops e Meropogon. Existem cerca de 30 espécies de abelharucos.
O abelharuco habita campos abertos como prados, savanas e charnecas assim como zonas de mato e prados com árvores dispersas e terrenos agrícolas do sul da Europa, Noroeste de África, Índia e África do Sul.
O abelharuco-comum (Merops apiaster) tem cerca de 27 centímetros e tem um padrão de plumagem inconfundível, azul na face ventral, bronze na parte dorsal e amarelo no pescoço. Passa grande parte do tempo a caçar insetos como abelhas, vespas, gafanhotos e libelinhas. O seu nome abelharuco deve-se à sua preferência por abelhas. O seu bico é comprido, estreito e ligeiramente curvado para baixo. Sociável todo o ano avista-se com frequência em bandos. As colónias de nidificação localizam-se em taludes ou penhascos. Para fazer o ninho cava com as patas providas de unhas fortes e compridas. A cova que chega a ter, e por vezes ultrapassa, a profundidade de um metro penetra horizontalmente no solo. No fundo a cova alarga-se constituindo-se uma câmara que corresponde ao ninho propriamente dito. Os juvenis são mais monótonos na cor possuindo o dorso verde acinzentado com pouco castanho e não possuem as penas da cauda alongadas. A cor do macho e fêmea adultos são idênticas.
Como referenciar: abelharuco in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-23 12:21:52]. Disponível na Internet: