Abid Hamid Mahmud Al-Tikriti

Militar iraquiano, terá nascido entre 1955 e 1965, não sendo conhecida a data exata do seu nascimento. Era primo afastado de Saddam Hussein, presidente do Iraque deposto em 2003, e xeque de duas tribos.
Abid começou por ser um dos oficiais sem patente que servia de guarda-costas a Saddam Hussein, mas foi subindo de posto até chegar a tenente-general. Depois Saddam escolheu-o para seu braço-direito.
Na década de 90, ocupou cargos de chefia em zonas onde alegadamente haveria armas de destruição maciça armazenadas. Abid Hamid era dos mais próximos confidentes de Saddam Hussein, tendo sido escolhido para seu secretário particular em 1991. Tornou-se num conselheiro privilegiado de Saddam, nomeadamente no que tocava a questões de segurança do regime, de espionagem e de defesa. A seu cargo tinha uma equipa de cerca cem elementos para fazer o secretariado ao presidente.
Era Abid quem controlava o aceso das pessoas a Saddam Hussein, tendo também poder para contestar e anular decisões do governo.
Liderou a Organização Especial de Segurança, que protegia os líderes do Partido Baath, no poder, assim como inspecionava possíveis casos de insubordinação entre os militares.
A 18 de junho de 2003 foi capturado pelas forças norte-americanas que invadiram o Iraque para depor o regime de Saddam Hussein.
Como referenciar: Abid Hamid Mahmud Al-Tikriti in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-04 20:36:51]. Disponível na Internet: