abóbada celeste

O céu considerado como uma esfera imaginária vista por dentro, de raio muito grande e indeterminado e que cerca toda a Terra. Também pode ser chamada de esfera celeste. Proporciona uma superfície conveniente onde se pode desenhar e estudar as direções e movimentos dos corpos celestes e outros pontos no céu.

O movimento de rotação da Terra de oeste para este causa uma aparente rotação da abóbada celeste em torno do mesmo eixo ao longo do dia mas na direção contrária. As medições que podem ser feitas na abóbada celeste, usando qualquer um dos sistemas de coordenadas astronómicas, conferem informações quanto à direção dos corpos celestes, mas não quanto às suas distâncias.
Os principais círculos máximos da abóbada celeste são o equador, a eclíptica e o horizonte. Os principais pontos são os polos dos círculos máximos; respetivamente polos norte e sul celeste, polos norte e sul eclíptico, o zénite e o nadir; assim como os pontos de interseção entre os círculos máximos, dos quais surgem os equinócios e os pontos cardeais.

Como referenciar: abóbada celeste in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-21 01:41:00]. Disponível na Internet: