absorção acústica

A absorção acústica consiste na conversão de energia sonora em energia térmica ao passar através de um meio.
Para a absorção acústica é usual determinar-se o coeficiente de absorção acústica. Este traduz o rendimento de uma substância absorvente. O seu valor resulta da proporção entre a energia acústica absorvida e a energia acústica total incidente.
Na propagação das ondas, a intensidade do som diminui não só pela distribuição num espaço cada vez maior, mas também como consequência de uma transformação de energia sonora em energia térmica. A absorção acústica tem, deste modo, como consequência, uma diminuição exponencial da intensidade sonora com o aumento da distância da fonte sonora. Esta diminuição é muito pequena na água e no ar. Antes de a intensidade diminuir para um terço, uma onda com um comprimento de um metro pode percorrer, pelo ar, um trajeto de 860 quilómetros e, na água, uns 40 000 quilómetros.
No entanto, o trajeto percorrido é proporcional ao quadrado do comprimento de onda, de forma que, ao decrescer esse comprimento de onda, diminui rapidamente.
Muito pronunciada é a diminuição da intensidade sonora, isto é, a absorção do som, em tecidos porosos como o algodão, feltro e pano. Nestes casos, o som é completamente absorvido depois de um curto trajeto, uma vez que as partículas do ar são levadas a oscilar no interior dos poros do material e, pelo atrito que se produz, a energia sonora transforma-se em energia térmica. Este tipo de tecido é usado para a insonorização.

Como referenciar: absorção acústica in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-20 11:14:22]. Disponível na Internet: