ácidos gordos

Os ácidos gordos são ácidos carboxílicos monobásicos, de fórmula geral CnH2n+1COOH, que fazem parte da constituição das gorduras. Esses ácidos, por reação com o glicerol, mais conhecido por glicerina, formam os triglicerídeos, vulgarmente designados por gorduras.
O nome das gorduras está relacionado com o nome do ácido gordo que lhe deu origem. Assim, por exemplo, a reação do ácido palmítico com o glicerol dá origem à palmitina (gordura).
Os ácidos gordos podem ser saturados, como é o caso do ácido palmítico, se só apresentam ligações simples nas moléculas, ou podem ser insaturados, se possuírem uma ou mais ligações duplas ou triplas na sua constituição molecular. Em geral, as gorduras que contêm ácidos insaturados são líquidas, como é o caso do azeite alimentar, que é rico em ácidos gordos insaturados (ácido oleico). A manteiga e a margarina pelo contrário, têm uma elevada percentagem de ácidos gordos saturados, e são, portanto, sólidas.
As gorduras líquidas, como por exemplo alguns azeites de origem vegetal, não são adequadas à alimentação humana. No entanto, estas podem-se transformar em gorduras sólidas de grande valor alimentar por um processo denominado hidrogenação.
Existem ainda alguns ácidos gordos que não podem ser sintetizados pelos mamíferos e que são indispensáveis na dieta alimentar, como é o caso do ácido linoleico. Estes ácidos são denominados de ácidos gordos essenciais e são precursores das prostaglandinas.
Como referenciar: ácidos gordos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 11:03:23]. Disponível na Internet: