Adriano

Protagonista de Cerromaior, é através do tratamento desta personagem que o narrador perspetiva as tragédias de uma pequena povoação alentejana, oprimida pela miséria e pela tirania dos senhores da Casa Vã. A imagem de Adriano na prisão, com que abre o romance, será o ponto de partida para uma longa retrospetiva, ao longo da qual será descrito o itinerário iniciático do crescimento de Adriano, não só no que contém de aprendizagem da vida, das injustiças, da hipocrisia, da mesquinhez humana, do recalcamento sexual, mas também de percurso de libertação das convenções sociais, num caminho que irá da realização sexual e da capacidade de assumir as suas opções, até à revolta contra os representantes da repressão.
Como referenciar: Adriano in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-17 09:24:06]. Disponível na Internet: