Adriano V

Papa italiano, natural de Génova, Ottobono Fieschi era filho dos condes genoveses de Lavagna e sobrinho do papa Inocêncio IV.
Ascendendo à dignidade cardinalícia, desempenhou em Inglaterra a missão de apaziguar as contendas entre o rei Henrique III e os barões rebeldes.
A sua eleição (realizada em Viterbo a 11 de julho de 1276) foi incentivada por Carlos de Anjou, uma vez que este clérigo era leal aos seus interesses e tinha já desempenhado missões de características políticas como seu legado.
O reinado de um período aproximado de um mês deste pontífice impediu que se realizassem as suas ordenação e consagração, sendo apenas conhecida a revogação que efetuou do decreto do papa Gregório X referente às eleições papais (a sua morte a 18 de agosto de 1276, em Viterbo, impediu a emissão de um decreto que o substituísse).
Como referenciar: Adriano V in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-23 21:44:54]. Disponível na Internet: