adubo

Substância que se aplica aos solos no sentido de potenciar os seus elementos nutritivos de maneira a obter melhores e maiores produções.
Os elementos nutritivos utilizados em maiores quantidades são o azoto, o fósforo e o potássio. Seguem-se o enxofre, o cálcio e o magnésio. Até há relativamente poucos anos eram considerados como adubos só os produtos que possuíssem elevada percentagem de macronutrientes. Os adubos podem ser de origem mineral ou obtidos por via industrial, sendo provenientes de restos orgânicos de seres vivos.
O termo adubo também é muitas vezes utilizado para designar a matéria orgânica aplicada no solo para aumentar a sua fertilidade. Esta matéria orgânica é designada genericamente por estrume. O estrume orgânico é constituído fundamentalmente por excrementos de animais e matéria vegetal, como tojo, palha, folhas, etc. Fornece ao solo quer macronutrientes quer micronutrientes. O estrume vegetal, designado por adubo verde, é constituído por plantas, principalmente leguminosas, que são cortadas e enterradas diretamente.
Atualmente, o termo adubo é aplicado quase exclusivamente às substâncias que atuam diretamente fornecendo às plantas os elementos que lhe são necessários, e a utilização de estrumes - estrumação - é incluída nos corretivos agrícolas, pois a sua ação é essencialmente indireta.
Como referenciar: adubo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-21 08:13:13]. Disponível na Internet: