ae Poemas (1959-66)

Coletânea de poesia, da autoria de Arnaldo Saraiva e publicada em 1967, marcada por um experimentalismo obtido por jogos de palavras e decomposição de significantes, mas que integra uma componente de crítica social e onde não se verifica, como noutros autores experimentais, uma aniquilação do lirismo, a subjetividade afirmando-se, por exemplo, num humor que tanto pode revestir-se de auto-ironia ("Esta carne é cara") como rematar composições onde a autonomização da palavra redunda em denúncia dos paradoxos da condição social e humana.
Como referenciar: ae Poemas (1959-66) in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-01 16:51:33]. Disponível na Internet: