Aeroporto de Estocolmo-Arlanda

O Aeroporto Internacional de Estocolmo-Arlanda, na Suécia, fica localizado junto à cidade Marsta, a cerca de 42 quilómetros a norte de Estocolmo. Está dotado de três pistas, uma com 3300 metros e duas com 2500 metros.
É o maior aeroporto sueco e o terceiro maior entre os países nórdicos.
O Aeroporto de Estocolmo-Arlanda começou a ser utilizado em 1959 para voos experimentais e no ano seguinte abriu ao tráfego, embora a inauguração oficial só tenha ocorrido em 1962. O nome Arlanda foi atribuído após a realização de um concurso público e é proveniente de Arland, o antigo nome da localidade de Ärlinghundra, onde fica situado. Joga também com a palavra sueca “landa”, que significa aterrar. Desde o início o aeroporto, na época com duas pistas, serviu para receber voos internacionais dado que a pista do aeroporto sueco de Bromma era demasiado curta. A partir de 1983, com a construção de um novo terminal, Arlanda passou a acolher também os voos nacionais que até então seguiam para Bromma. Em 2002 ficou pronta uma terceira pista que, contudo, só no ano seguinte começou a ser utilizada, já que não havia passageiros suficientes que justificassem a sua abertura.
A TAP opera no Aeroporto de Estocolmo-Arlanda com ligações para Lisboa e Copenhaga, na Dinamarca.
O Aeroporto de Arlanda é uma das pistas de emergência que poderá ser utilizada pelo vaivém espacial Space Shuttle.
A 5 de janeiro de 1970 um aparelho Spantax Convair 990 que largava rumo a Zurique, na Suíça, teve dificuldade em ganhar altitude e a 1800 metros de distância da pista embateu numas árvores e despenhou-se, morrendo cinco dos dez passageiros.
Como referenciar: Aeroporto de Estocolmo-Arlanda in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 05:41:34]. Disponível na Internet: