Aeroporto de Kansai

O Aeroporto Internacional de Kansai, no Japão, fica situado numa ilha artificial na baia de Osaca, ao largo de Sennan, e foi inaugurado em 1994.
Em Kansai existe o mais comprido terminal do mundo, com 1700 metros de comprimento.
O Aeroporto de Kansai começou a ser planeado na década de 60 do século XX, numa altura em que a região começou a perder importância em relação a Tóquio. Para inverter a situação, foi idealizada então a construção de um aeroporto, já que o de Kobe, na mesma região, já não tinha espaço para crescer. Os protestos entretanto ocorridos em Tóquio quando foram expropriadas terras para construir o aeroporto local levaram a que em Kansai se optasse por edificá-lo um nível acima do mar. Assim, também tinha a vantagem de poder operar 24 horas por dia já que não havia restrições por causa do ruído. Como a cidade de Kobe recusou o projeto, este foi implantado em Osaca, numa ilha artificial com quatro quilómetros de comprimento e um de largura. A construção da ilha arrancou em 1987 e terminou em 1990, tendo também sido edificada uma ponte de três quilómetros para ligar a terra. No ano seguinte, começou a construção do terminal e, três anos mais tarde, a 4 de setembro de 1994, o Aeroporto de Kansai foi inaugurado.
Serve como principal porta internacional de entrada e saída da região de Kansai, que inclui, para além de Osaca e Kobe, a cidade de Quioto. Contudo, as elevadas taxas de utilização cobradas às companhias aéreas têm impedido que se desenvolva ainda mais. Chegou a ser o segundo aeroporto mais caro do mundo, atrás do de Narita, em Tóquio.
Em 2001 o aeroporto de Kansai foi uma das dez obras distinguidas com o Monumento de Engenharia Civil do Milénio outorgado pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis. Contudo, a estrutura passou por alguns problemas graves, nomeadamente um acelerado afundamento que, entretanto, veio a ser travado. O afundamento anual, que em 1994 era de cinquenta centímetros - passou para sete centímetros em 2006. Com esse problema controlado, em 2003 foi iniciada a construção de uma nova pista com 4000 metros de extensão.
A 17 de janeiro de 1995, o Japão foi assolado pelo terramoto de Kobe, mas o aeroporto escapou incólume graças às técnicas antissísmicas usadas na construção.
Como referenciar: Aeroporto de Kansai in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-18 15:40:23]. Disponível na Internet: