Afirma Pereira

Filme baseado na obra Sostiene Pereira (Afirma Pereira, 1994), de António Tabucchi, e realizado em Lisboa por Roberto Faenza, em 1996. Tem como ator principal Marcello Mastroianni, numa das suas últimas aparições cinematográficas. Entre o elenco de luxo, contam-se nomes como Joaquim de Almeida, Mário Viegas, Nicolau Breyner, Nicoletta Braschi, Daniel Auteuil e Filipe Ferrer, entre outros.
A história deste filme tem lugar em Lisboa, durante a época conturbada da guerra civil espanhola e do regime fascista português, em 1938. Pereira é editor da secção cultural de um jornal e vive embrenhado no seu trabalho, sem se dar conta dos problemas políticos que se vivem no país. Viúvo e solitário, desenvolve uma mórbida obsessão pela morte e contrata um assistente, Monteiro Rossi (Stefano Dionisi), para redigir os obituários de velhos escritores. Rossi enamora-se de Marta (Nicoletta Braschi), uma mulher de ideias comunistas. Ambos solicitarão a Pereira para utilizar a sua posição jornalística a fim de combater o regime ditatorial. Assim, Pereira faz a tradução dum manifesto francês anti-nazi e consegue iludir a censura, mas não o chefe de redação (Mário Viegas), o que colocará Pereira numa situação delicada.
O filme mereceu a aclamação da crítica nacional, tendo merecido especial destaque a banda sonora composta por Ennio Morricone, que escreveu propositadamente para Dulce Pontes o tema A Brisa do Coração.
Como referenciar: Afirma Pereira in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-25 06:46:57]. Disponível na Internet: